5 erros que as empresas cometem no seu controle de fluxo de caixa

Para saber se a empresa está vivendo um momento positivo, não há outro lugar para consultar senão o caixa.

Mas se o controle de fluxo de caixa não é bem feito está mais do que na hora de melhorar o controle das finanças. Afinal, você tem nele uma ferramenta indispensável para a visualização das entradas e saídas de dinheiro. Somente o fluxo de caixa permite que você tome decisões quanto ao planejamento financeiro, cortes de gastos, investimentos e outras movimentações financeiras.

Se você não consegue controlar o fluxo de caixa ou está fazendo isso sem resultado positivo, pode estar cometendo alguns dos erros abaixo.

1. Não atualizar o fluxo de caixa com uma boa periodicidade

Qual é a periodicidade do acompanhamento do seu fluxo de caixa? A grande maioria das empresas dedica-se a olhar para os lançamentos e saídas apenas no final do mês, contudo, as vendas são diárias e, por consequência, a entrada do dinheiro também.

Não são raras as vezes em que o dinheiro que está em caixa sai, a fim de comprar um ou outro item que faltou no dia a dia, mas nem sempre essas saídas são contabilizadas no lançamento mensal. O acompanhamento diário é fundamental para ter um controle de fluxo de caixa real, condizente com o cotidiano da empresa.

Pensando em faciltar essa tarefa, a Senior desenvolveu um Controle Financeiro simples e intuitivo, em que é possível lançar  receitas e despesas facilmente. Tudo para torna a Gestão da sua empresa mais eficiente, simples e adequada às exigências legais.

Se você é um empreendedor que precisa sair do escritório a todo momento, com o aplicativo Aprovação Multinível é possível aprovar, reprovar e fazer a gestão de vendas, orçamento, pedidos e outros processos com total mobilidade. Assim, a falta de tempo não será mais problema, pois você pode gerenciar as finanças do seu negócio onde você estiver pelo celular ou tablet.

2. Não ser detalhista

Quanto maior for o nível de detalhamento dos seus registros no fluxo de caixa, mais precisão você terá nos dados e em suas previsões. Assim, registre mesmo os menores gastos e recebimentos, como material de escritório, lâmpadas e eventuais consertos na sede da empresa. Uma série de valores baixos formam um valor bastante alto no final das contas. Por isso, não ignore qualquer entrada ou saída, a fim de ter dados consistentes sobre as finanças do seu empreendimento sempre que for preciso.

3. Não categorizar os lançamentos do caixa

Existem diferentes softwares que ajudam na gestão do seu fluxo de caixa, que tornam a inserção e o controle das transações mais rápidos e organizados, mas nada disso adianta se você não souber organizar, detalhar e categorizar os diferentes pagamentos e entradas.

Registre separadamente as entradas e saídas previstas e efetivadas, deixando claro de onde vieram e para onde foram. Além de fazer a distinção de itens como impostos, funcionários e pró-labore, permitindo que se controle cada centavo gasto e recebido.

4. Contar com o dinheiro que ainda não entrou

Uma venda dividida em três vezes com a primeira parcela a ser paga pelo cliente após 30 dias significa que este valor irá entrar em trinta dias, não que você vendeu aquele montante no dia. Esses detalhes, que podem passar despercebidos na hora de fechar o caixa, fazem com que a empresa conte com um dinheiro que ainda não entrou.

Quanto mais realistas as suas anotações, mais facilidade você terá para lidar com o fluxo de caixa, seja ele diário, semanal ou mensal. Basear-se nos valores que realmente entraram ou irão entrar em caixa deixa a organização mais fácil e produtiva.

5. Superestima a previsão

Informações erradas, lacunas no detalhamento diário e até a sazonalidade podem derrubar muitas empresas já nos primeiros anos. A estimativa de lucros elevados com base em informações imprecisas acaba traindo a empresa no seu propósito de crescimento.

Quanto mais realista forem as suas previsões, preferencialmente baseadas em dados concisos de outros ciclos da empresa, maior será a capacidade de acertar os próximos passos.

Erros acontecem, mas quanto mais você estiver preparado para esses momentos de incertezas, maiores serão as chances de sua empresa seguir firme no mercado.

FOCO NA SOLUÇÃO:

A solução Gestão Empresarial | ERP integra as áreas da sua empresa e armazena as informações de negócio em apenas um software, otimizando o fluxo para a tomada de decisões. Além disso, integra-se a segmentos que automatizam os processos de comércio exterior, TMS, WMS, Documentos Eletrônicos, balanceamento de carga, força de vendas, inventário patrimonial, gestão de pessoas e acesso e segurança, sempre de acordo com as exigências legais (SPED).  E mais: é possível ter as decisões na palma da mão com o aplicativo Aprovação Multinível.

A Megapc Consultoria e Sistemas desde 1993 vêm acompanhando a evolução da tecnologia da informação oferecendo uma completa solução de produtos e serviços aos seus clientes, baseando-se nos conceitos de integração e segurança.

MEGAPC, ideal para seu negócio!